5 tips for a low-cost trip as a family

Travelling as a family doesn’t have to mean spending more than you can or that you have previously budgeted. It is important to note that a low-cost trip includes considering, not only the logistic needs, from the travelling itself, but also the spending you might encounter during the trip.

To help you plan your holidays for the next year or a weekend visit, we’ll give you 5 tips for a family low-cost trip.

Torre de Belém

Viagem low cost em família: dicas úteis 

 

1. Definir um orçamento

 

Já que o low cost vai ser a prioridade no planeamento destas férias, o primeiro passo é o que vai  marcar o tom para todos os outros: definir o orçamento. É importante que perceba quanto quer gastar na viagem e durante a viagem.

Faça uma lista e coloque as seguintes questões:

- Quando vou gastar diariamente em comida?

- O alojamento vai incluir pequeno-almoço ou não?

- Podemos preparar refeições no alojamento?

- Quanto vou gastar em estadias?

- Quanto vou gastar em transportes e/ou aluguer de carro?

- Quanto quero gastar em souvenirs e compras extra?

Considere outros gastos específicos que pensa ter durante a viagem e estabeleça o orçamento, que também deve incluir os gastos nas viagens de ida/volta do destino.

O que não significa que não possa usufruir de um gasto extra ou uma atividade que não estava planeada. A vantagem é que o pode fazer, se o desejar, sem se preocupar com as necessidades essenciais.

 

2. Escolher o destino e altura para viajar

 

Para que a viagem seja de facto low cost, escolher a época baixa para viajar é a solução mais aconselhada. Se tiver essa liberdade de escolha, já sabe que viajar em fevereiro é bem mais barato do que viajar em agosto.

Contudo, caso não seja possível fazer este jogo de calendário, viajar na época alta em regime low cost não é impossível. Para isso contribui a escolha do destino, o local da estadia, os meios de transporte escolhidos e outros fatores.

Se tem filhos em idade escolar, com o calendário mais definido, pense em aproveitar fins-de-semana prolongados para viagens que em época alta poderiam ser mais tarde, nos períodos de férias de Natal ou Páscoa.

Planear e marcar viagens e estadia com alguma antecedência, mesmo que seja para a época tradicionalmente alta, é uma ótima estratégia de poupança.

 

3. Estar atento a promoções e campanhas

 

Não faltam ferramentas online que dão uma preciosa ajuda no momento de planear uma viagem. Tire partido dos vários motores de busca para pesquisa de voos e hotéis.

Estas plataformas, como por exemplo a Momondo, Trivago ou Booking.com, apresentam as ofertas mais competitivas para voos, hotéis, hostels, etc.

Aproveite também campanhas de rent-a-car, se o automóvel é o meio de transporte privilegiado para as viagens low cost em família. Siga a Enterprise nas redes sociais para não perder uma oportunidade. 

4. Planear locais a visitar

Outra solução para continuar a sua viagem low cost é planear um percurso ou pelo menos um layout geral das atividades que podem preencher os dias e noites de férias.

Se tiver um plano prévio delineado, pode comprar bilhetes para atrações e museus com antecedência, o que lhe permite poupar algum dinheiro. Explore a oferta disponível, que descontos são aceites e que tipo de pacotes estão disponíveis para famílias.

5. Delinear estratégia de estadia e localização

 

Sem dúvida o planeamento é o melhor caminho para a poupança também no que diz respeito a férias e momentos de lazer.

Se está a planear uma viagem que engloba diferentes cidades e pontos de visita, o aluguer de carro pode ser a solução ideal. Desta forma evita marcar vários alojamentos diferentes (o que acaba por ser mais caro) e gastar tempo precioso das suas férias em transportes.

Sendo este apenas um exemplo, existem várias estratégias de planeamento e poupança. Uma viagem low cost, seja em família, seja a dois, com amigos, ou até a solo, é possível.

Com a Enterprise pode alugar carro em diversos pontos do país e partir à aventura. Use cidades como Porto, Lisboa, Aveiro ou Viseu como ponto de partida para a sua viagem. Vai para o estrangeiro? Saiba onde pode encontrar as agências Enterprise. A sua viagem low cost fica por nossa conta!

Viagem low cost em família: dicas úteis 

 

1. Definir um orçamento

 

Já que o low cost vai ser a prioridade no planeamento destas férias, o primeiro passo é o que vai  marcar o tom para todos os outros: definir o orçamento. É importante que perceba quanto quer gastar na viagem e durante a viagem.

Faça uma lista e coloque as seguintes questões:

- Quando vou gastar diariamente em comida?

- O alojamento vai incluir pequeno-almoço ou não?

- Podemos preparar refeições no alojamento?

- Quanto vou gastar em estadias?

- Quanto vou gastar em transportes e/ou aluguer de carro?

- Quanto quero gastar em souvenirs e compras extra?

Considere outros gastos específicos que pensa ter durante a viagem e estabeleça o orçamento, que também deve incluir os gastos nas viagens de ida/volta do destino.

O que não significa que não possa usufruir de um gasto extra ou uma atividade que não estava planeada. A vantagem é que o pode fazer, se o desejar, sem se preocupar com as necessidades essenciais.

 

2. Escolher o destino e altura para viajar

 

Para que a viagem seja de facto low cost, escolher a época baixa para viajar é a solução mais aconselhada. Se tiver essa liberdade de escolha, já sabe que viajar em fevereiro é bem mais barato do que viajar em agosto.

Contudo, caso não seja possível fazer este jogo de calendário, viajar na época alta em regime low cost não é impossível. Para isso contribui a escolha do destino, o local da estadia, os meios de transporte escolhidos e outros fatores.

Se tem filhos em idade escolar, com o calendário mais definido, pense em aproveitar fins-de-semana prolongados para viagens que em época alta poderiam ser mais tarde, nos períodos de férias de Natal ou Páscoa.

Planear e marcar viagens e estadia com alguma antecedência, mesmo que seja para a época tradicionalmente alta, é uma ótima estratégia de poupança.

 

3. Estar atento a promoções e campanhas

 

Não faltam ferramentas online que dão uma preciosa ajuda no momento de planear uma viagem. Tire partido dos vários motores de busca para pesquisa de voos e hotéis.

Estas plataformas, como por exemplo a Momondo, Trivago ou Booking.com, apresentam as ofertas mais competitivas para voos, hotéis, hostels, etc.

Aproveite também campanhas de rent-a-car, se o automóvel é o meio de transporte privilegiado para as viagens low cost em família. Siga a Enterprise nas redes sociais para não perder uma oportunidade. 

4. Planear locais a visitar

Outra solução para continuar a sua viagem low cost é planear um percurso ou pelo menos um layout geral das atividades que podem preencher os dias e noites de férias.

Se tiver um plano prévio delineado, pode comprar bilhetes para atrações e museus com antecedência, o que lhe permite poupar algum dinheiro. Explore a oferta disponível, que descontos são aceites e que tipo de pacotes estão disponíveis para famílias.

5. Delinear estratégia de estadia e localização

 

Sem dúvida o planeamento é o melhor caminho para a poupança também no que diz respeito a férias e momentos de lazer.

Se está a planear uma viagem que engloba diferentes cidades e pontos de visita, o aluguer de carro pode ser a solução ideal. Desta forma evita marcar vários alojamentos diferentes (o que acaba por ser mais caro) e gastar tempo precioso das suas férias em transportes.

Sendo este apenas um exemplo, existem várias estratégias de planeamento e poupança. Uma viagem low cost, seja em família, seja a dois, com amigos, ou até a solo, é possível.

Com a Enterprise pode alugar carro em diversos pontos do país e partir à aventura. Use cidades como Porto, Lisboa, Aveiro ou Viseu como ponto de partida para a sua viagem. Vai para o estrangeiro? Saiba onde pode encontrar as agências Enterprise. A sua viagem low cost fica por nossa conta!

Family low-cost trip: useful tips 

 

1. Defining a budget 

 

Since low cost is going to be the priority when planning this vacation, the first step is what will set the tone for everything else: setting the budget. It is important that you understand how much you want to spend on the trip and during the trip.

Prepare a list of what you need and ask yourself the following questions:

- How much will I spend daily on food?

- Will the accommodation include breakfast or not?

- Can we prepare meals at the accommodation?

- How much will I spend on stays?

- How much will I spend on transportation and / or car rental?

- How much do I want to spend on souvenirs and extra purchases?

Consider other specific expenses that you think you will have during the trip and establish the budget, which should also include expenses for the round trip to the destination.

This does not mean that you cannot enjoy an extra expense or an activity that was not planned. The goal of this preparation is that you can do it, if you wish, without worrying about essential needs.

 

2. Choosing where and when to travel 

 

For the trip to be in fact low cost, choosing the low season to travel is the most recommended solution. If you have this freedom of choice, you already know that traveling in February is much cheaper than traveling in August.

However, if it is not possible to move vacation dates, traveling in the high season on a low-cost basis is not impossible. The choice of destination, the place of stay, the means of transport chosen, and other factors contribute to this.

If you have children in school, under a more defined schedule, consider taking long weekends for trips that in the high season could be later, during the Christmas or Easter vacation periods.

Planning and booking trips and accommodation well in advance, even for the traditionally high season, is a great savings strategy.

 

3. Keep an eye on promotions and campaigns 

 

There is no shortage of online platforms that provide invaluable help when planning a trip. Take advantage of the various search engines to search for flights and hotels.

These platforms, such as Momondo, Trivago or Booking.com, present the most competitive offers for flights, hotels, hostels, etc.

Also take advantage of rent-a-car campaigns, if driving is the preferred mean of transportation for low cost trips. Follow Enterprise on social media so you don't miss an opportunity.

 

4. Plan all the places to visit 

 

Another solution to keep your trip low cost is to plan a route or at least a general layout of the activities that can fill the days and nights of your vacation.

If you have a prior plan outlined, you can buy tickets to attractions and museums in advance, which allows you to save some money. Explore the available offers, what discounts are accepted and what kind of visitation packages are available for families.

 

5. Preparing a strategy for accommodation and location 

 

Without a doubt, planning is the best way to save money, also regarding vacations and leisure time.

If you are planning a trip that encompasses different cities and points of interest, renting a car may be the ideal solution. This way you avoid booking several different accommodations (which turns out to be more expensive) and spend precious time of your vacation in public transport.

This being just one example, there are several planning and savings strategies. A low-cost trip, whether with family, as a couple, with friends, or even solo, is possible.